Vacina universal contra a gripe vai ser testada

0

A Universidade de Oxford já anunciou o início dos testes para a existência de uma vacina de efeito universal contra a gripe.

Os testes de uma nova vacina sazonal contra todos os tipos de gripe, estão já a decorrer em mais de 500 voluntários britânicos, num número total de duas mil pessoas, assim anunciou esta semana a Universidade de Oxford, estes vão realizar-se ao longo do corrente ano de 2017 bem como em 2018.

Esta vacina agora testada, foi desenvolvida pelo Instituto Jenner, ligado à universidade inglesa de Oxford, e por uma empresa de biotecnologia sua subsidiária. Esta tem como base proteínas retiradas do núcleo do vírus, em vez da sua superfície, tal como sucede actualmente. Mas a relevância do método é que as proteínas do núcleo permanecem estáveis, enquanto que as da superfície sofrem sucessivas mutações.

A nova vacina irá estimular a criação de células T, mais eficazes no combate ao vírus, no lugar dos habituais anticorpos.

As vacinas existentes no mercado têm de ser actualizadas todos os anos afim de englobarem o vírus predominante no período em causa, mas a sua eficácia é relativa, designadamente para as pessoas mais idosas ou para aquelas com sistemas imunitários mais débeis.

A vacina contra a gripe é relativamente segura, é verdade que não protege em absoluto, no entanto, previne a gripe ou pelo menos atenua bastante os seus sintomas. As reacções adversas são localizadas e transitórias, como por exemplo dor, vermelhidão e um ligeiro inchaço no local da picada.

Esta é a primeira vez que uma vacina de efeitos considerados universais ultrapassa a primeira fase de testes, e o seu efeito deverá prolongar-se “por três ou quatro anos”, assim explicou à Reuters o director da Vaccitech, Tom Evans, a empresa subsidiária do Instituto Jenner.

No entanto, fica o alerta de que, para além de se vacinar, é também essencial que adopte algumas medidas que lhe permitam manter-se mais afastado do vírus da gripe. Deve, por exemplo, reforçar a higiene das mãos, lavando-as mais frequentemente ao longo do dia bem como ter o cuidado de tossir ou espirrar para um lenço descartável ou na direcção do próprio cotovelo.

Leave A Reply