Um estudo de nove anos demonstra o efeito do açúcar no cancro

0

Há muito tempo que se sabe da influência do açúcar sobre o cancro, mas até agora não existia qualquer estudo aprofundado que nos desse a real dimensão da questão.

Agora e graças a um intenso estudo com a duração de nove anos, os cientistas conseguiram detectar qual o mecanismo pelo qual as células cancerígenas metabolizam o açúcar.

Nós sabemos que quase todas as células do corpo humano necessitam de uma fonte de energia, e que adquirem a energia através de açúcares presentes nas refeições que fazemos todos os dias, e as células cancerígenas não são uma excepção, mas consomem uma quantidade de glucose bastante superior à quantidade requerida pelas células saudáveis.

Este efeito é conhecido com o efeito Warburg, e poderá ser um dos motivos por detrás da rápida evolução e crescimento do cancro, o difícil é definir se este efeito é um sintoma ou a causa do cancro.

Já foi no passado proposta a hipótese de o crescimento das células cancerígenas estar ligado ao seu alto consumo de açúcares, mas até agora o problema é a não existência de um método de cortar o fornecimento de açudar a estas células, mantendo o fornecimento normal às células saudáveis.

É este o motivo pelo qual o mecanismo biológico por detrás metabolismo acelerado de glucose ser tão importante, pois poderá ser este a chave por detrás de como cortar o fornecimento de açucares apenas às células cancerígenas, e apesar de este estudo não ser ainda a derradeira resposta, é claramente o caminho acertado.

O estudo comprovou como o consumo extremamente alto de açucares pelas células cancerígenas, influência o cancro a se desenvolver e crescer a um ritmo extremamente acelerado.

Leave A Reply