SpaceX vai lançar mais um satélite

0

A empresa espacial de Elon Musk, vai lançar mais um satélite da SES através do Falcon-9, o seu foguetão reutilizável, dois dias após ter enviado para o espaço 10 satélites num foguetão do mesmo modelo.

A SpaceX, empresa de transporte espacial fundada por Elon Musk, prepara-se para lançar esta Quarta-Feira, um satélite da empresa luxemburguesa de comunicação SES no seu foguetão parcialmente reutilizável, o Falcon-9. A descolagem está já agendada para as 22h53.

O satélite a ser enviado, o SES-11, é um satélite de comunicações híbrido, que está optimizado para cobertura de televisão digital e tem como principal objectivo proporcionar um melhor e mais rápido serviço de vídeo em alta definição à América do Norte. A SpaceX estima que o satélite seja largado cerca de 36 minutos após o lançamento do foguetão, o qual tentará aterrar na plataforma flutuante “Of Course I Still Love You”, no oceano Atlântico. Todo este processo poderá ser acompanhado através de uma transmissão em directo no site da empresa.

A SES, fundada em 1985, é a primeira cliente da SpaceX a repetir um voo num propulsor que tenha sido recuperado. O anterior foi lançado em Março de 2017, que lançou um satélite geoestacionário com um propulsor reutilizado pela primeira vez. Foi também a primeira vez que alguém conseguiu relançar um foguetão e aterrá-lo com sucesso.

O Falcon-9 é portanto o primeiro e único foguetão a conseguir aterrar de forma suave após ter enviado algo para o espaço. O que será enviado já voou em Fevereiro deste ano, numa missão de reabastecimento da Estação Espacial Internacional. Será por isso esta a terceira vez que a SpaceX vai utilizar um propulsor reutilizado e a sua 15ª missão espacial do ano.

O lançamento ocorre apenas dois dias após a empresa aeroespacial ter enviado mais 10 satélites da Iridium Next para a órbita terrestre baixa, que se juntaram à constelação já existente. Foi o terceiro de oito lançamentos previstos da SpaceX para a nova constelação da Iridium Next, que já conta até à data com 30 satélites.

Leave A Reply