Sentinel-5P está a ser preparado para analisar a qualidade do ar desde o Espaço

0

O satélite da ESA, Sentinel-5P, está em órbita desde meados de Outubro e até já existe um vídeo em time lapse, que revela os diversos meses de preparação desta importante missão, bem como o lançamento desta sentinela averiguadora da qualidade do ar.

Segundo consta, o satélite Sentinel-5P está “seguro” e “de muito boa saúde”, e continua a ser “cuidadosamente manuseado para ser colocado na sua órbita operacional”, assim anunciou a Agência Espacial Europeia (ESA).

Os Sentinels tratam-se de um conjunto de famílias de satélites que foram concebidas e desenvolvidas no âmbito do Programa da Componente Espaço, afim de darem resposta aos requisitos do Copernicus.

Os Sentinel-4 e -5, são de missões dedicadas à monitorização atmosférica, e os instrumentos desta missão, serão instalados em satélites da EUMETSAT. Algumas das unidades começarão a ser lançadas só a partir de 2020. Para evitar a descontinuidade de dados atmosféricos, em 2015 já foi lançado o Sentinel-5 Precursor. Agora, o Sentinel-5P. O Copernicus inclui ainda a missão Sentinel-6, dedicada a aplicações no âmbito da geodesia e oceanografia.

Assim, integrado na missão Copernicus, desenvolvida pela ESA em cooperação com a Holanda, o Sentinel-5P foi lançado a 13 de Outubro, a partir do norte da Rússia, no cosmódromo de Plesetsk.

Um vídeo em time lapse mostra os últimos meses de preparação e o seu lançamento.

Ainda segundo toda a informação divulgada pela ESA, o Sentinel-5P está agora na planeada fase de descontaminação do sistema principal Tropomi, o que demorará ainda “mais um par de semanas” até ser completada.

Por isso, na prática, a monitorização da qualidade do ar vai ter início em cerca de seis meses.

Este é o sexto satélite Sentinel do programa Copernicus que integram a rede de controle ambiental, monitorizando o ambiente e suportando também algumas atividades da área de segurança.

Leave A Reply