Saída da Estação Espacial Internacional

0

Dois elementos do grupo de seis astronautas da tripulação da Estação Espacial Internacional, iniciaram uma saída para o espaço no âmbito da realização de trabalhos de modernização do sistema eléctrico do posto avançado orbital.

Estes dois elementos da tripulação, fizeram a saída orbital da EEI, Sexta-Feira dia 6 de Janeiro de 2017, uma saída para o espaço, para poderem realizar trabalhos de modernização do sistema eléctrico do posto avançado orbital, para o qual é necessário a sua intervenção no exterior.

O astronauta norte-americano Shane Kimbrough, de 50 anos, comandante da tripulação, e a sua colega de missão, Peggy Whitson, de 57 anos, engenheira de voo, saíram da câmara de descompressão da estação às 12h23 TMG (mesma hora em Lisboa) para uma expedição que deve durar aproximadamente de seis horas e meia, explicou o comentador da televisão da NASA que transmitiu em directo as imagens da saída.

Os dois astronautas foram incumbidos de instalar adaptadores e fazer as ligações eléctricas necessárias de seis novas baterias de lítio, que devem durar até 2024, o tempo que durará a exploração da estação. Uma segunda saída orbital para concluir os trabalhos está já prevista para dia 13 de Janeiro, novamente contando com o desempenho de Shane Kimbrough e também com o francês Thomas Pesquet, de 39 anos, da Agência Espacial Europeia.

Nesta primeira saída, Kimbrough e Whitson são ajudados por Pesquet e pelo cosmonauta russo Oleg Novitskiy desde o interior da estação. O conjunto é organizado e coordenado a partir do Centro Espacial Johnson em Houston, no Texas.

Grande parte dos complexos trabalhos de modernização da estação, é realizada por controladores no centro espacial da NASA, em Houston, contando com a ajuda do braço robótico da Estação Espacial Internacional, o Canadarm2.

A missão desta Sexta-Feira é a 19.ª saída espacial efectuada para a montagem e manutenção da Estação Espacial Internacional, cujo primeiro módulo foi colocado em órbita no ano de 1998. A estação foi concluída cerca de 10 anos mais tarde.

Leave A Reply