Qual a diferença entre cometas e meteoros?

0

Ainda que a maioria, ou pelo menos os corpos celestes mais comuns sejam normalmente reconhecidos pela população, os conceitos podem não ser muito claros para todos. Saberia diferenciar um cometa, um meteoro e um asteróide? Estas são as principais diferenças entre estes corpos celestes que causam tanta curiosidade e, ao mesmo tempo, tantos receios à raça humana.

Diferenças entre cometas, meteoros e asteróides

Os asteróides e os meteoros são fenómenos que podem efectivamente atingir o planeta Terra. Estes corpos celestes podem entrar em rota de colisão e colidirem com o nosso planeta, algo que já ocorreu. No ano de 1908, um asteróide de 50 metros de diâmetro atingiu a Terra e provocou grande destruição na região de Tugunska, na Sibéria. Este corpo celeste destruiu uma floresta de 2 mil quilómetros quadrados. Contudo, o fenómeno aconteceu numa região despovoada, não tendo vitimando nenhuma pessoa.

Uma questão que merece destaque, é que este tipo de acontecimento ocorre, ou pode ocorrer, a cada década. No entanto, de modo geral, os corpos celestes caem em áreas desabitadas ou mesmo nos oceanos.

Quais as diferenças entre estes fenómenos

Asteróide – O asteróide é um corpo formado por rochas, minerais e metais que orbita o Sistema Solar, costuma, por norma, ficar concentrado nas proximidades de Marte e Júpiter, área conhecida como o Cinturão de Asteróides.

De modo geral os asteróides têm 1 quilómetro de diâmetro, no entanto também existem asteróides com até 900 quilómetros de diâmetro. Um asteróide teria sido a causa da extinção dos dinossauros, e, segundo a NASA, existem cerca de 4,7 mil asteróides perigosos perto do planeta Terra.

Cometa – O cometa é um corpo formado por gelo, rocha e poeira. Normalmente forma-se no Cinturão de Kuiper e na Nuvem de Oort, duas áreas que ficam fora do Sistema Solar. Um cometa bastante popular é o Halley, identificado no ano de 1696, por Edmond Halley. Este pode ser observado na órbita do Sol a cada 76 anos. A sua próxima aparição está prevista para 29 de Julho de 2061.

Meteoro – O meteoro é classificado como um flash de luz, resultante da passagem de um meteoro que queima e se desintegra na atmosfera terrestre. Ou seja, aquilo a que chamamos, popularmente, de estrela cadente.

Assim, simplificando:
– Asteróide: A sua composição é rochosa e de dimensões gigantescas.

– Cometa: A sua composição é uma esfera de gases congelados e poeira.

– Meteoro: A sua composição é rochosa, no entanto, a sua dimensão é pequena.

Leave A Reply