Primeira filmagem de uma cobra píton a engolir uma hiena

0

Foi um turista holandês que filmou uma cobra píton a engolir uma hiena, esta é a primeira vez que se observa e capturam imagens da maior cobra de África a engolir uma presa de tal tamanho.

Uma equipa de investigadores assistiu no Quénia a este momento em que uma píton-africana com cerca de quatro metros, engolia uma hiena com 68 quilos. Além de ser a primeira vez que um grupo de cientistas observa uma cobra desta espécie a devorar uma hiena, o vídeo, capturado por um turista, guarda esse momento. O vídeo foi colocado no YouTube e depois foi noticiado pela National Geographic. É por isso mais um testemunho das capacidades de caça da maior cobra do continente africano.

O evento passou-se na Reserva Natural de Masai Mara, o web designer holandês, Jos Bakker, apercebeu-se que uma cobra píton estava a engolir uma presa, sabendo ele que era um evento raro, alertou o guia da sua viagem de férias e de seguida começou a gravar. Foi esse guia que, por sua vez, avisou os cientistas do Fisi Camp, um observatório zoológico financiado pela Universidade de Michigan. Kay Holekamp, um cientista que estuda hienas e os seus comportamentos desde os anos 80, apressou-se para o local.

Ainda assim, Kay Holekamp e os seus companheiros, Mike Kowalski e Olivia Spagnuolo, foram céticos para o terreno, “como podia uma cobra píton engolir um animal tão grande?”, afirmaram. “Os grandes carnívoros podem certamente interagir com grandes pitons. As suas crias estão provavelmente no menu. Mas um leão adulto, um leopardo ou hiena provavelmente iriam afastar a píton muito rapidamente”, explicou a equipa à National Geographic. Na manhã do dia seguinte, ao primeiro de Março, viram uma enorme cobra píton num pântano, com o corpo muito inchado. Perceberam que o animal tinha engolido algo muito grande. E assim confirmaram que era de facto uma hiena, tal como o turista tinha descrito.

Tendo em conta os comportamentos típicos das hienas, estes cientistas acreditam que a píton deve ter travado uma “batalha épica” para conseguir derrotar o animal. Tudo indica que o mamífero era um jovem macho que vagueava pelos pântanos, mas que encontrou a morte ao cruzar-se com uma cobra faminta.

Comment