O mesentério, é oficialmente um novo órgão humano

0

O ser humano já sabia da sua existência há centenas de anos, mas só agora entrou na lista dos órgãos que compõem o corpo humano. O mesentério liga os intestinos ao abdómen e faz parte do sistema digestivo.

Este é, o primeiro grande avanço científico do ano, um professor e cirurgião da Universidade de Limerick (Irlanda), anunciou oficialmente a descoberta de um novo órgão do corpo humano. Embora saibamos da sua existência há centenas de anos, só agora é que o mesentério foi considerado um órgão integrante do sistema digestivo, explica a universidade numa nota de imprensa. A passagem do mesentério a órgão, pode despertar o interesse na investigação das funções que este desempenha na digestão humana, permitindo assim, a descoberta de técnicas cirúrgicas menos invasivas, mais baratas, e até uma recuperação mais rápida e fácil.

No entanto, ainda não conhecemos totalmente este novo órgão. Sabemos que o mesentério terá cerca de 15 centímetros, que ligam os intestinos ao abdómen e também que é composto por nervos, vasos sanguíneos e gânglios linfáticos. Sabemos ainda que, em pessoas mais fortes, o mesentério pode revestir-se por uma camada de gordura que deforma o órgão e que pode levar ao aparecimento de hérnias. Mas ainda é necessário conhecer melhor as suas funções, “Já estabelecemos a sua anatomia e estrutura. O próximo passo é a função. Se entendermos a função normal podemos entender quando está a funcionar mal e quando uma doença é causada pelo mesentério. Juntando todo isto encontramos um novo ramo das ciências médicas”, defendeu o cirurgião.

Até agora, julgava-se que o mesentério não podia ser um órgão por ser “uma estrutura fragmentada feita de múltiplas partes separadas”, como era descrito. Mas as investigações feitas pelo médico J. Calvin Coffey, permitiram concluir que, afinal, o mesentério é “uma estrutura única e contínua”. Enquanto órgão, o mesentério já pode ser estudado para categorizar doenças abdominais, com foco nessa estrutura. “A ciência mesentérica tem agora um campo específica das ciências médicas, tal como tem a gastroenterologia ou a neurologia”, explicou J. Calvin Coffey.

O nome “mesentério” significa “no meio dos intestinos”. A estrutura já tinha sido descrita por Leonardo da Vinci nas suas escrituras sobre estudos anatómicos. Nessas escrituras, o mesentério já era descrito como uma parte do sistema digestivo que permitia ligar as entranhas ao abdómen, como um gancho. No entanto, só em 2012 é que alguns cientistas levantaram a hipótese de o mesentério ser um órgão completo e não apenas um conjunto de estruturas.

Leave A Reply