Nova espécie de humano descoberta nas Filipinas

0

Foi descoberta nas Filipinas, uma nova espécie de hominídeo, que apresentava uma estatura de menos de 1.2 metros, e a capacidade de trepar árvores.

Esta descoberta, foi o resultado dos trabalhos levados a cabo por um grupo de cientistas das Filipinas, Austrália e França, que apelidaram a nova espécie de Homo Luzonensis, em alusão à região das Filipas em que os arqueólogos encontraram os restos mortais, a região de norte de Luzón, mais concretamente na gruta de Callao.

Apesar de a descoberta ser extremamente importante, não foi possível recuperar um esqueleto completo, mas foram encontrados, um osso da perna, três do pé, dois das mãos e sete dentes, e acredita-se que os ossos encontrados, pertençam respectivamente a três indivíduos diferentes, dos quais, dois seriam adultos, e um seria uma criança.

 Apesar de serem poucos, os ossos recuperados permitem adquirir dados intrigantes no que respeita ao estilo de vida e aparência deste hominídeo, pela dimensão reduzida dos dentes, suspeita-se que o Homo Luzonensis terá vivido, num período compreendido entre 67 mil a 50 mil anos atrás, e apresentaria uma estatura máxima de cerca de 1 metro e 20 centímetros, sendo que segundo os dados apurados nesta descoberta, esta espécie seria mais pequena, do que o seu contemporâneo, Homo Floresiensis, encontrado na Ásia.

Um dos factos que mais espantou os pesquisadores, foi a presença de um osso curvo, semelhante ao que podia ser encontrado em espécies como o Australopithecus, sendo que este era bastante mais antigo do que a espécie agora descoberta. Segundo os dados obtidos, esta espécie teria tanto a possibilidade de trepar árvores, como de caminhar sobre as pernas.

Esta descoberta é interessante, pois vem expandir grandemente o nosso conhecimento da evolução humano, com especial enfase na região asiática, onde a evolução foi mais interessante e complexa do que o anteriormente estimado.

Comment