A Mulher que Desafia a Ciência aos 24

0

Há algum tempo atrás na China, os médicos fizeram uma descoberta bizarra mas fenomenal: uma mulher de 24 anos sem cerebelo, uma parte importante do cérebro, que tem cerca de 50% do total de neurónios. Esta estranha descoberta, só é ultrapassada pelo facto de a mulher, que continua anónima, não ter até ao momento conhecimento de que sofria da condição, ter vivido uma vida normal e realizada, dando-nos mais outra prova do pouco que sabemos acerca do cérebro e dos seus princípios básicos bem como a sua capacidade de adaptação.

A mulher foi ao hospital com a sua mãe, pois queixava-se constantemente de náuseas e tonturas, no hospital fizeram um TAC para tentarem entender o porquê.

cerebellum

Como poderá observar na imagem acima, o que descobriram foi chocante, a mulher tinha um espaço vazio no local onde deveria estar o cerebelo. O cerebelo controla o equilíbrio, o movimento voluntário, a capacidade de adquirir habilidades motoras e alguma da fala e representa cerca de 10% da massa total do cérebro, a mãe da mulher, que desconhecia que esta sofria desta condição fatal, disse que tirando o facto de ela não ter começado a andar como deve de ser até aos 7 anos e não falar com clareza até aos 6 anos de idade, ela teve uma vida bastante normal, é casada e até tem uma filha.

Esta condição bizarra, conhecida como ‘Complete Primary Cerebellar Agenesis’ (Algo como Agenesia Completa Primária Cerebelar), é tão rara que o total de casos conhecidos consegue ser contabilizado com apenas duas mãos, e com a maioria dos casos a levar à morte ou danos cerebrais permanentes. Os médicos suspeitam que Ela é uma excepção devido ao facto de o que quer que fez o seu cerebelo desaparecer, aconteceu bastante cedo na sua vida, portanto o seu cérebro adaptou-se à condição. Com mais estudo é possível que os médicos consigam aplicar o mesmo principio que aconteceu no caso desta mulher, de forma a ajudar pacientes com casos similares ou vitimas de acidentes.

Leave A Reply