Microsoft vai adicionar a linha de comandos do Linux ao Windows 10

0

A Microsoft está a tentar alcançar os desenvolvedores Linux de uma maneira que nunca foi tentada antes. “A Shell Bash (Interpretador de Comandos Bash) vai passar a fazer parte do Windows. Sim, a verdadeira Bash vai fazer parte do Windows”, disse Kevin Gallo da Microsoft hoje na palestra Build 2016. O anúncio recebeu um aplauso unânime da plateia. A nova funcionalidade passará a fazer parte do Windows 10 como parte da Actualização de Aniversário do Windows 10.

“Isto não é uma máquina virtual. Nem ferramentas compiladas para trabalhar com o Windows. Isto é nativo”, disse Ele. “Nós fizemos uma parceria com a Canonical para oferecer esta grande experiência, que poderá transferir directamente da Loja Windows”. Ferramentas de terceiros permitiram este tipo de funcionalidade de há anos para cá, mas uma parceria directa da Microsoft com a Canonical deverá oferecer mais flexibilidade e conveniência aos desenvolvedores que preferirem utilizar estes binários e ferramentas.

Mais importante, representa a posição renovada da Microsoft para com o desenvolvimento open-source (de fonte aberta). O VP Terry Myerson deixou no ar “há mais a caminho” em termos de outras possibilidades e sinalizando um Windows 10 modernizado e extremamente aberto. Este artigo de blogue escrito pelo Scott Hanselman da Microsoft oferece uma melhor explicação sobre a jogada. “Isto é brilhante para os desenvolvedores que utilizam uma grande variedade de ferramentas como eu”, disse ele. “Isto é uma imagem genuína de Ubuntu em cima do Windows com todas a ferramentas Linux que Eu utilizo”.

[The Verge]

Leave A Reply