Japão está a projectar um comboio invisível para circular em 2018

0

Se alguém irá sonhar com os fantásticos comboios do futuro, é o Japão. Já dominou o Comboio bala levitante, que tem estado a transportar passagens pelo país a fora a velocidades de cerca de 580 km/h nos últimos dois anos, e agora a Seibu Railway Co. quer construir um comboio que é virtualmente transparente para os observadores do exterior.

Desenhado pelo Arquitecto Kazuyo Sejima da firma Japonesa Sanaa, que recentemente recebeu um Prémio Pritzker – o Prémio Nobel da arquitectura – o comboio não irá ser completamente invisível (obviamente), mas sim super-reflectivo. Basicamente, mistura-se com os arredores reflectindo-os com as suas superfícies espelhadas.

O que torna este projecto um pouco mais promissor do que alguns dos conceitos ambiciosos que os arquitectos têm tido recentemente é o facto de o design poder ser aplicado aos comboios existentes actualmente.

A Seibu Railway Co. deu permissão a Sejima para redesenhar o exterior e o interior do seu comboio suburbano Red Arrow express, para comemorar o seu 100º aniversário.

Esperado nas linhas de ferro algures em 2018, o expresso invisível irá percorrer cerca de 178 km pelo Japão.

“O limited express viajanuma variedade de cenários diferentes, desde as montanhas de Chichibu até ao centro de Tóquio, e achei que iria ser bom se o comboio pudesse coexistir pacificamente com este cenário de variedade”, disse Sejima à imprensa a semana passada.

Infelizmente, pouco foi trazido a público acerca do design do futuro comboio – provavelmente porque não devemos dizer ao mundo como construir um comboio semi-invisível antes de nós próprios o termos feito. Mas de acordo com a revista Dezeen, o seu exterior actual será substituído por painéis semitransparentes e espelhados, e a sua forma de caixote moldada a uma “bala prateada”.

“Um render inicial mostra uma superfície semi-reflectiva a cobrir o exterior do comboio – algo que [Sejima] diz ‘nunca ter sido visto antes’”, reportou a Dezeen.


(Vídeo em Inglês)

Revelado pela primeira vez em no New York International Auto Show de 2014, a tecnologia, apelidada de ‘capô transparente’ basicamente aplica um dispositivo de camuflagem à frente do seu carro, para que possa ver o que se está a passar à sua frente, por baixo das rodas.

Como A. J. McCarthy reportou à Slate, apesar dos mantos de invisibilidade e similares terem sido bastante decepcionantes até agora, esta tecnologia atinge a ‘invisibilidade’ de uma forma totalmente diferente.

“Apesar de estarmos certos ao ser cépticos quanto à viabilidade de mantos de visibilidade e outros similares estilo sci-fi, esta é uma coisa totalmente diferente: o carro está apenas a simular a aparência de transparência”.

“Utilizando câmaras montadas na grelha, a vista por baixo do capô é simplesmente enviada de volta para o display e projectada no para-brisas, dando então a visão ao conductor da estrada entre as rodas”.

Veja o vídeo abaixo para ver como aparente do ponto de visão do condutor. Novamente, não temos ideia se a marca irá mesmo construir algo como isto, ou se é apenas um conceito como o Batmobile ou a hoverboard para gerar publicidade para os seus menos interessantes, não invisíveis carros.

Mas uma coisa é certa – se as cidades do mundo continuarem a crescer, iremos viver em ambientes muito menos amigáveis para os carros no futuro. Portanto talvez a única forma que permitirá que mantenha o seu veículo é formar-se em engenharia e descobrir como com ‘fumo, espelhos e câmaras’ poderá fazê-lo desaparecer para as autoridades não o verem. Torne-se livre de emissões, e não diremos nada.


(Vídeo em Inglês)

[ScienceAlert]

Leave A Reply