Foram descobertos indícios de material orgânico em Ceres

0

Foram descobertas algumas pistas que apontam para a possível existência de material essencial à vida numa cratera de Ceres, o maior corpo celeste do cinturão de asteróides. Este material pode, inclusive, ser nativo do planeta.

A missão de nome “Dawn”, da NASA, agência espacial norte-americana, encontrou indícios de material orgânico em Ceres, um planeta anão localizado no cinturão de asteróides que orbita o Sol, entre Marte e Júpiter. Esse material que é composto por carbono, hidrogénio, oxigénio, azoto, fósforo, enxofre, potássio e outros elementos residuais, foi encontrado em redor da cratera Ernutet, no hemisfério norte do planeta.

O corpo celeste Ceres, não é o primeiro do seu tipo, onde os cientistas já encontraram material orgânico fora da Terra: compostos semelhantes já foram descobertos em vários meteoritos e em asteróides. Ainda que não existam ainda conclusões sobre a origem e a composição precisa do material orgânico encontrado em Ceres, o maior corpo do cinturão de asteróides, sabe-se ao certo que este planeta partilha muitas características com um grupo de meteoritos chamados condritos carbonáceos, muito ricos em água. No entanto, Ceres é especial, de acordo com Maria Cristina De Sanctis, uma astrofísica do Instituto Nacional de Astrofísica em Roma, envolvida na descoberta da NASA, “esta é a primeira detecção clara de moléculas orgânicas em órbita num corpo principal do cinturão”.

Em alguns dos corpos portadores de material orgânico, pensa-se que esses compostos chegaram ao corpo celeste depois da colisão de um meteorito, ainda assim, este pode não ser o caso de Ceres, explica assim a NASA num comunicado de imprensa. Há evidências de que o material encontrado na cratera Ernutet é nativo do planeta: “Os carbonatos e argilas previamente identificados em Ceres fornecem evidências de actividade química na presença de água e calor. Isso levanta a possibilidade de os orgânicos terem sido processados ​​de forma semelhante num ambiente quente e rico em água”.

Assim, este planeta anão estava no radar dos cientistas porque já tinham sido nele encontrados minerais hidratados, carbonatos, gelo e até argilas.

Existe ainda a possibilidade de Ceres já ter tido vida num passado distante, a existência de água e material orgânico é essencial à vida, embora a existência desses elementos não baste para o desenvolvimento de seres vivos. Ainda assim, Ceres pode ser uma boa ferramenta para compreender as “origens da água e de orgânicos na Terra”.

Leave A Reply