Onde está o Planeta Nove?

0

Quando perto estamos nós de encontrar o Planeta Nove? Um novo documento parece sugerir que a solução para o mistério está na realidade muito mais próxima do que achávamos.

Matthew Holman e Matthew Payne do Harvard-Smithsonian Center for Astrophysics utilizaram observações feitas pela nave espacial Cassini para reduzir a área potencial do céu onde o Planeta Nove poderá estar escondido. A região está localizada no céu do sul, mais ou menos na direcção da constelação Cetus. A área mais provável estende-se por 20 graus em todas as direcções; para referência, a lua cheia apenas mede meio grau.

O Planeta Nove é um planeta hipotético proposto por Mike Brown e Konstantin Batygin para explicar porque os objectos para lá da orbita de Neptuno têm o seu ponto mais próximo do Sol na mesma zona.

Em Fevereiro, pesquisadores Franceses anunciaram que utilizando dados da sonda Cassini da NASA/ESA que está a orbitar Saturno, eles conseguiram diminuir a área onde o Planeta Nove poderá estar. Eles utilizaram as perturbações, ou ausência delas, na orbita de Saturno para estabelecer onde o planeta poderá estar. Saturno apenas seria perturbado se o Planeta Nove estivesse na sua maior aproximação, portanto não detectar perturbações diz-nos que o Planeta Nove não deverá estar muito perto do Sol de momento.

No estudo mais recente, disponível online, os dois pesquisadores utilizaram uma sofisticada técnica estatística chamada Markov Chain Monte Carlo para reduzir o potencial local onde se esconde o Planeta Nove ainda mais. Apesar dos dados da Cassini não mostrarem quaisquer perturbações que não possam ser explicadas pelos modelos actuais, esses estudos ignoram perturbações como o ruído. Holman e Payne, portanto, decidiram procurar por potenciais modelos do Planeta Nove que não só coincidisse com os valores, mas também reforçar o suporte das perturbações como um efeito real.

“Nós colocámos o Planeta Nove numa grande quantidade de diferentes locais – todas diferentes possibilidades no céu, diferentes distâncias, diferentes massas – e tentaram descobrir se restringia mais as coisas”, disse Payne ao New Scientist.

De acordo com o modelo, o Planeta Novo poderá estar localizado em duas faixas estreitas do céu. A equipa depois sobrepôs estas regiões à orbita sugerida por Batygin e Brown e obteve uma área ainda mais pequena.

Os astrónomos estão já à procura na região sugerida e irão, esperemos nós, em breve descobrir se existem ou não nove planetas no nosso Sistema Solar.

[IFLScience]

Leave A Reply