Em apenas 20 minutos a poluição tomou conta de Pequim

0

Um engenheiro britânico filmou o avanço da poluição em Pequim durante apenas 20 minutos e juntou tudo num vídeo de 12 segundos. A poluição anormalmente alta, coloca sob alerta 72 cidades chinesas.

Este engenheiro britânico que reside actualmente na China, fez um vídeo de apenas 12 segundos que demonstram, em timelapse, como uma nuvem de poluição chega a Pequim num total de apenas 20 minutos. No título que colocou no vídeo do YouTube, o autor, Chad Jones, chama-lhe um “Airpocalypse”, isto é, um trocadilho entre as palavras “ar” e “apocalipse”.

Um total de 25 cidades do Norte, Centro e Este da China, estão esta semana em alerta vermelho devido à poluição, segundo informaram as autoridades chinesas e a imprensa estatal. Este é o primeiro alerta vermelho, o mais elevado que existe, por motivos de poluição atmosférica em 2017, na China. O anúncio junta-se à situação de Pequim e de outras 20 cidades que se encontram em alerta laranja derivado ao mesmo problema.

No total, são 72 as cidades chinesas que têm em vigor algum tipo de alerta por poluição atmosférica. A região de Pequim-Tianjin-Hebei, no Nordeste, estendeu o seu alerta até à noite do passado Sábado dia 31 de Dezembro de 2016, anunciou, esta Terça-Feira, o Ministério de Protecção Ambiental. Em alguns locais dessa região, a poluição vai chegar a níveis “muito graves” com concentrações de partículas PM 2,5 (as mais perigosas) até 300 microgramas por metro cúbico (a Organização Mundial de Saúde recomenda um nível máximo de 25).

As previsões para a região do Nordeste apontam ainda para que, no próximo Domingo, chegue uma frente fria que disperse a neblina e a poluição. A emissão dos alertas é acompanhada por diferentes níveis de restrições para o trânsito, escolas, actividade das indústrias ou obras de construção. Um relatório divulgado na Segunda-Feira refere que muitas empresas ignoram estas medidas e prosseguem a sua actividade normalmente.

Comment