Combustível de hidrogénio mais barato

0

A produção de combustível hidrogénio através de hidrogénio poderá estar preste a mudar, graças a uma nova combinação. O hidrogénio é provavelmente a fonte de energia mais limpa, é renovável, e o seu único subproduto, é a água.

Até agora o grande entrave à utilização deste combustível, tem sido o elevado custo e complexidade de produção das células de combustíveis, mas graças a uma equipa de pesquisadores do Argonne National Laboratory de Illinois que está a trabalhar com cientistas do Moscow Institute of Physics and Technology (MIPT), tudo poderá estar prestes a mudar, devido a esta equipa ter descoberto uma nova forma de produzir combustível a partir de hidrogénio.

A base passa por produzir hidrogénio recorrendo a uma simples combinação de luz solar e lípidos fotossensíveis, e esta nova pesquisa, torna possível produzir hidrogénio de forma eficiente e a um custo reduzido. Este novo estudo afirma que é possível produzir hidrogénio com recurso a água e à luz solar, e com a utilização de componentes especiais como o dióxido de titânio, que irá agir como fotocatalista.

A equipa inseriu uma proteína fotossensível em nano-discos, criados a partir de fragmentos circulares de membrana celular composta por uma camada dupla de lípidos. Depois, e afim de gerar o processo de foto-catálise, os nano-discos foram dissolvidos em água e conjunto com dióxido de titânio, e foi também adicionada platina à mistura, para aumentar a eficiência da reacção.

Depois, testaram com dois tipos diferentes de luz, um com a tonalidade verde e outro com a tonalidade branca. Depois de testarem com ambas, concluíram que a produção de hidrogénio era 74 vezes superior, com o recurso à luz branca, apesar de com qualquer das luzes, a produção manter uma taxa constante ao longo de três horas.

Parece que esta abordagem com recurso a elementos biológicos e a materiais, poderá ser a correcta para finalmente tornar o hidrogénio no combustível do futuro, mas até esta alcançar o mercado, teremos de aguardar.

Leave A Reply