Chernobil poderá ter uma segunda oportunidade como um gigante central solar

0

O Governo Ucraniano acabou de anunciar um plano para tornar a área circundante de Chernobil numa gigante central solar, instalando várias séries de painéis solares dentro da zona do desastre. O plano, que aguarda neste momento por investidores, irá permitir que o país possa dar um destino à zona radioactiva e inóspita, e irá também ajudar o país a ter uma fonte de energia renovável viável de forma a não depender tanto da Rússia.

Chernobil é muito barato, e para alem disso já tem linhas de alta tensão que eram utilizadas para as centrais nucleares. Apesar do facto de o acidente nuclear ter acontecido há 30 anos, uma grande parte dos 2600 quilómetros quadrados continua a ser inabitável. E num esforço para utilizar o território desaproveitado, o governo criou um plano ambicioso para construir estas séries de painéis solares que irão gerar cerca de 4 megawatts de energia quando estiverem construídos. 1 Megawatt é suficiente para alimentar 750 a 100 casas, portanto estes 4 Megawatts, poderão ser bastante benéficos para os habitantes e para o seu futuro, uma vez que serão considerados um país mais amigo do ambiente, devido à utilização de “energia limpa”, e estarão assim mais perto de concretizar um dos seus objectivos, o de integrarem a União Europeia.

Claro que a construção dos painéis solares na zona de exclusão é um grande desafio só por si, uma vez que os níveis de radiação são bastante altos naquela zona, é bastante importante garantir a segurança dos trabalhadores mesmo que eles estejam foram da antiga cidade abandonada. E também existe o caso da vida selvagem, que está a começar a repovoar a zona de exclusão e deve ser protegida por todos os meios.


(Vídeo em Inglês)

Leave A Reply