Asteróide gigante mesmo ao lado da Terra

0

Um asteróide gigante passou muito perto da Terra neste passado Domingo à noite, dia 8 de Janeiro. Este asteróide teria uma dimensão aproximada de um prédio com cerca dez andares.

Um asteróide gigante, com uma dimensão próxima à de um prédio com dez andares, passou muito perto da Terra neste passado Domingo, este corpo celeste esteve a cerca de 193 mil quilómetros da Terra, distância menor do que aquela que separa o nosso planeta da Lua, cerca de 300 mil quilómetros. Uma distância que parece mínima, mas na realidade é assustadoramente próxima.

O “AG13”, nome deste corpo celeste, foi observado pela Catalina Sky Survey, da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos da América, o mesmo tinha, segundo observado e registado, entre 15 a 34 metros de comprimento e movia-se a uma velocidade de cerca de 16 quilómetros por segundo. Este asteróide atravessa as órbitas de Vénus e da Terra e “Moveu-se muito rápido, muito perto de nós“, relatou o astrónomo Eric Feldman, por sua vez citado pelo Daily Mail.

Este fenómeno, de um asteróide a passar tão próximo do planeta Terra, não é incomum. Só durante este mês de Janeiro, são esperadas mais 38 “aproximações” de asteróides ao nosso planeta, dados relatados de acordo com o programa “Near Earth Object” da NASA. No entanto, este fenómeno continua a poder ser uma ameaça. No ano de 2013, um meteoro com a dimensão de 17 metros, atingiu a região de Chelyabinsk, na Rússia, ferindo inclusivamente mais de mil pessoas.

Mais recentemente, a Casa Branca revelou um documento oficial, o “National Near-Earth Object Preparedness Strategy”, para que os norte-americanos saibam como lidar com a ameaça de um asteróide poder atingir a Terra a qualquer momento, dado o facto que ninguém está preparado para esta eventualidade desse género, e para a qual as opções e formas de protecção são quase inexistentes. A NASA procura ainda, algumas formas de prever estas ameaças inesperadas vindas do espaço.

Leave A Reply