Antigas super erupções em Yellowstone Hotspot faixa "significativamente maior" do que o esperado

0

Um número de antigas super erupções gigantes entre 8 a 12 milhões de anos atrás que poderão ser maiores do que as erupções colossais conhecidas que ocorreram em Yellowstone foram identificadas nos Estados Unidos através de uma pesquisa liderada pela University of Leicester.

A equipa de pesquisa internacional sugere que, apesar do número de erupções vulcânicas anteriormente pensado para ter originado a planície central do Rio Snake em Idaho, EUA ser menor do que o anteriormente pensado, as 12 erupções gigantes registadas foram provavelmente "significativamente maiores" do que a pesquisa havia sugerido anteriormente.

O Dr Tom Knott, o Professor Mike Branney e o Dr Marc Reichow, do Department of Geology’s Volcanology Group da University of Leicester, conduziram a pesquisa com uma equipa de colaboradores internacionais da University of California, Santa Cruz, a University of Copenhagen, Dinamarca e a Idaho State University.

Utilizando uma abordagem multi-técnica, incluindo processos químicos de rochas e minerais, dados paleo-magnéticos e dados de isótopos-rádio, a equipa tem sido capaz de 'identificar' depósitos individuais de erupção e correlaciona-los em vastas regiões (ex: 1000 km2).

No estabelecimento de correlações generalizadas, a equipa reduziu drasticamente o número de erupções que pensava previamente ter originado a central Snake River Plain para cerca de metade.

1-ancientsuper

Os pesquisadores relataram que uma das super erupções dos pontos principais de Yellowstone, definida como a erupção de Castleford Crossing, ocorrida à cerca de 8,1 milhões anos atrás e estimam que o volume da erupção tenha excedido 1.900 km3. A única camada vulcânica, abrange uma área de 14.000 km2 no sul do Idaho e tem mais de 1,3 km de espessura na zona da caldeira do super vulcão.

Esta é apenas uma das 12 erupções gigantes relatadas na área pela equipa do Leicester, que mostram que a concentração de magma intensa causou grande subsidência da crosta terrestre, formando a bacia do Snake River 100 km de largura. A equipa também demonstrou que estas erupções na verdade eram significativamente maiores do que anteriormente se pensava e poderá rivalizar com as mais conhecidas em Yellowstone.

O Dr Knott disse: "apesar de ser bem sabido que Yellowstone entrou em erupção catastroficamente em tempos recentes talvez seja menos sabido que esta foi apenas a mais recente numa prolongada história de inúmeras super erupções catastróficas que queimaram uma faixa a leste do Snake River de Oregon até Yellowstone desde há 16 milhões de anos até aos dias presentes.

[PHYS.org]

Leave A Reply